A Igreja "Perturbadora"

"Contudo, não os achando, arrastaram Jasom e alguns outros irmãos para diante dos oficiais da cidade, gritando: 'Esses homens que têm causado alvoroço por todo o mundo, agora chegaram aqui, e Jasom os recebeu em sua casa. Todos eles estão agindo contra os decretos de César, dizendo que existe um outro rei, chamado Jesus'" (Atos 17:6-7)

 

Algumas pessoas acham que atualmente a coisa mais importante com a qual a igreja deve se preocupar é o aquecimento global. - Essa é a nossa prioridade, elas dizem. Mas há um outro tipo de aquecimento ao qual a igreja deveria se concentrar mais em preservar: as pessoas que passarão a eternidade separadas de Deus, no inferno.

 

A igreja do primeiro século impactou o mundo através da oração e da pregação. Dizia-se que a igreja primitiva causava grande alvoroço por todo o mundo. O que, aliás, foi dito como uma crítica, não como um elogio (veja Atos 17:6).

 

Que Deus nos permita receber mais "críticas" como essa, porque parece que hoje o oposto está acontecendo na igreja. Temos padrões duplos de compromisso moral e pouco ou nenhum poder. G. Campbell Morgan disse: "O cristianismo organizado, que não consegue causar uma perturbação, está morto."

 

O que me preocupa é que não estamos mais causando “perturbação”. Estamos tão preocupados com a aparência e com a conveniência. Estamos tão preocupados em ser agradáveis que nos esquecemos que devemos dar suporte ao que é verdadeiro. Meu medo é que, em vez da igreja causar grande alvoroço no mundo, o mundo cause grande alvoroço na igreja.

 

Vance Havner disse: "Não vamos mover este mundo pela crítica dele nem em conformidade com ele, mas pela combustão dentro dele de vidas inflamadas pelo Espírito de Deus." É por isso que temos de retornar para o que a igreja primitiva experimentou como nos foi dado no dia de Pentecostes, porque causou grande alvoroço em seu mundo. Nesse sentido, com o mundo às avessas, louco, onde o errado é certo e o certo é errado, temos que intervir e fazer o mesmo.

NewsletterReceba Nossas novidades
MENSAGEM DA SEMANA

"A popularidade tem matado mais profetas do que a perseguição".
"Inveja, maledicência, fofoca e boatos não conseguem derrubar o cristão que confia na boca de Deus".
MAPA DO SITE        
Home
Agenda
Fotos
Videos
Notícias
Contato
Mural de recados
Testemunho
Sites recomendados
Galeria de downloads
Cantores indicados
Devocionais
 
Esboços
Estudos
Frases
Ilustrações
Oração
Bíblia online
 





 
  Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: digiclique