Vespásio e a tropa de elite do imperador

Autor: Pr. Luis Dicara

"Lutando por Ti, ó Cristo, para ganharmos a vitória em Teu nome, a quem pertence a coroa de vencedor”.

O imperador Nero reuniu alguns dos homens mais fortes, corajosos e preparados de todo o império, nomeando-os como seus lutadores pessoais: Os Lutadores do Imperador. Aquele era o “Os lutadores eram homens especiais escolhidos não era qualquer um para fazer parte desta tropas” do império. Ficavam como sentinelas em volta do anfiteatro romano e assistiam ao Imperador em todo tempo.

Havia uma famosa frase - um lema - de acordo com historiadores, que eles freqüentemente citavam: “Nós, os lutadores, lutando por ti, ó Imperador, para ganharmos a vitória em teu nome, a quem pertence a coroa de vencedor”.
Em uma ocasião o exército Romano, incluindo esses grandes lutadores, foi enviado à Gália para conter uma rebelião. Nenhum soldado era mais corajoso ou capaz do que aqueles que trabalhavam para o Imperador. Um centurião de nome Vespásio estava na liderança do grupo. Enquanto estavam na Gália, os historiadores contam que muitos dos lutadores se converteram a Jesus Cristo. Chegou aos ouvidos de Nero que alguns de seus lutadores haviam se tornado cristãos. Imediatamente o imperador enviou uma mensagem a Vespásio: “Se há entre seus soldados alguém que declare a fé de Cristo, esta pessoa deve morrer.”

Vespásio recebeu o decreto no meio do inverno na Gália. Os soldados estavam acampados às margens de um rio. Com o coração em prantos, Vespásio leu a mensagem. Chamou todos os soldados e perguntou: “Algum de vocês aderiu à fé cristã ? ”Vespásio deve ter estremecido ao ver quarenta daqueles guerreiros magníficos darem um passo à frente. Ele disse: “Vocês terão até o pôr do sol de amanhã para negar isso... ou morrerão.” Ao pôr do sol do dia seguinte fez a mesma pergunta e os mesmos quarenta deram um passo à frente. Então ele disse: “Não posso deixar que vocês morram nas mãos de seus companheiros. Deixarei vocês nus e os exilarei no meio do lago, deixando-os ali para perecer”.

Em seguida eles ficaram nus e foram mandados para o meio daquele lago congelado, no cair daquela fria noite. Pouco tempo depois ele ouviu vozes vindas do meio do gelo: “Quarenta lutadores, lutando por Ti, ó Cristo, para ganharmos a vitória em Teu nome, a quem pertence a coroa de vencedor.” Ouviu aquilo durante toda a noite, diminuindo de intensidade ao se aproximar a manhã.
Finalmente, perto do nascer do sol, uma única figura juntou-se à fogueira. O homem não conseguia mais agüentar o frio. Aproximou-se para se esquentar, admitindo que havia negado a Cristo. Então vieram do gelo as vozes chorosas que diziam: “Trinta e nove lutadores, lutando por Ti, ó Cristo, para ganharmos a vitória em Teu nome, a quem pertence a coroa de vencedor”.

Naquele momento Deus fez algo no coração de Vespásio. De súbito, o centurião jogou seu capacete no chão, tirou sua armadura e correu pelo gelo, gritando o máximo que podia:”. “Quarenta lutadores, lutando por Ti, ó Cristo, para ganharmos a vitória em Teu nome, a quem pertence a coroa de vencedor”.
NewsletterReceba Nossas novidades
MENSAGEM DA SEMANA

"A popularidade tem matado mais profetas do que a perseguição".
"Inveja, maledicência, fofoca e boatos não conseguem derrubar o cristão que confia na boca de Deus".
MAPA DO SITE        
Home
Agenda
Fotos
Videos
Notícias
Contato
Mural de recados
Testemunho
Sites recomendados
Galeria de downloads
Cantores indicados
Devocionais
 
Esboços
Estudos
Frases
Ilustrações
Oração
Bíblia online
 





 
  Todos os direitos reservados.
Desenvolvido por: digiclique